Centro de Tratamento de Hérnias Porto Alegre

Atendimento : De segunda a sexta das 8h às 18h
  Telefone : (51) 3224.7307

All Posts in Category: Noticias

SE A HÉRNIA NÃO ME CAUSA DOR, PRECISO MESMO CORRIGI-LA?

SE A HÉRNIA NÃO ME CAUSA DOR, PRECISO MESMO CORRIGI-LA?

A resposta é SIM e há muitas razões para isso!

Os defeitos herniários não melhoram sozinhos, tampouco com medicações ou com exercícios de reforço muscular. Na verdade, eles normalmente só pioram.

Com o tempo, a hérnia pode AUMENTAR DE TAMANHO. Os problemas óbvios incluem inicio de sintomas (como dor) ou complicações mais graves como encarceramento ou estrangulamento da hérnia.
Uma vez diagnosticada, hérnias da parede abdominal devem ser reparadas de forma programada e com uma adequada avaliação pré-operatória (excetuando casos de emergência!).

O único tratamento capaz de corrigir uma hérnia é a CIRURGIA. Atualmente, os reparos cirúrgicos são, na maioria das vezes, fáceis e de rápida recuperação.

Objetivos da correção cirúrgica:
– Reparar a hérnia com o mínimo de desconforto pós-operatório;
– Propiciar a menor taxa de recorrência possível;
– Proporcionar ao paciente o retorno a suas atividades normais, o mais breve possível.

Para mais informações acesse http://www.centrodehernias.com.br/tratamento-hernia/ ou agende uma consulta pelo (51) 3224-7307.

Leia mais

SE EU PRECISAR AGILIZAR A AVALIAÇÃO DE UMA HÉRNIA, VOCÊS PODEM ME ATENDER RAPIDAMENTE?

SE EU PRECISAR AGILIZAR A AVALIAÇÃO DE UMA HÉRNIA, VOCÊS PODEM ME ATENDER RAPIDAMENTE?

Certamente. As hérnias precisam ser vistas o mais cedo possível e nós trabalhamos contra o relógio para garantir que os pacientes não tenham demora no atendimento.

Em média, os pacientes conseguem marcar atendimento com brevidade, geralmente dentro de uma a duas semanas.

Atendemos os principais convênios como: UNIMED, IPERGS, Bradesco, Amil, SulAmérica, Cabergs, entre outros.

Somos credenciados no Pacote Social da Santa Casa de Porto Alegre. Esse modelo PARTICULAR pode ser realizado em ALGUNS casos específicos, avaliados em consulta presencial. Informações adicionais em https://santacasa.org.br/mobile/pacotesocial

 

Para agendamento de consultas, ligue para (51) 3224-7307

 

Sobre o tratamento de hérnias da parede abdominal, acesse http://www.centrodehernias.com.br/tratamento-hernia/

Leia mais

HÉRNIAS em cicatrizes de cirurgias prévias (INCISIONAIS)

As hérnias incisionais ocorrem em locais do abdômen que já foram submetidos a uma incisão cirúrgica e são resultantes da cicatrização inadequada dessas incisões.

Muito comuns, estima-se que pelo menos 12-15% das operações abdominais (com corte) levem a uma hérnia incisional no futuro.

Sem tratamento, essas hérnias costumam aumentar bastante de tamanho causando desconforto e alterações estéticas importantes.

Para o reparo da hérnia, uma tela é utilizada para reforçar a área de fragilidade muscular junto a cicatriz da cirurgia prévia.

Dependendo do tamanho da hérnia e sua localização, o procedimento pode ser realizado apenas com anestesia local e sedação, possibilitando alta hospitalar no mesmo dia. No entanto, hérnias maiores e mais complexas podem exigir cuidados adicionais, como uso de faixas elásticas e tempo de recuperação mais prolongado.

Leia mais

A CIRURGIA de correção de HÉRNIA é dolorosa?

Tal como acontece com qualquer cirurgia, a maioria dos pacientes experimenta alguma dor pós-operatória na área de reparo da hérnia. A maioria dos pacientes também experimentará algum nível de inchaço e hematomas na área operada.

Os primeiros 2-3 dias são geralmente os piores para a maioria dos pacientes. Na maioria das vezes é necessário o uso de analgésicos e anti-inflamatórios, além de gelo local para diminuir o desconforto. Durante este período, até mesmo coisas simples como: sentar-se, deitar, caminhar, tossir, espirrar e rir irão refletir na ferida operatória.

Em 5 a 7 dias, a maioria dos pacientes é capaz de retornar às suas atividades normais diárias (caminhadas leves e dirigir) e retornar ao trabalho (desde que o mesmo não tenha uma exigência física muito grande).

Após 30 a 45 dias, já se pode iniciar atividades físicas como esportes ou musculação, mas de forma gradual. Não é incomum sentir fisgadas, formigamento, queimação e outras sensações de leve intensidade na região operada até 1 ano após a correção da hérnia.

Leia mais

O QUE EU POSSO FAZER PARA MELHORAR O RESULTADO DA MINHA CIRURGIA DE HÉRNIA??

É vital que o paciente respeite o repouso indicado pelo cirurgião, permitindo que ocorra uma satisfatória cicatrização interna.
Além disso, é comprovado que certos fatores de risco pioram o resultado da cirurgia e que, quando possível, devem ser evitados ou tratados antes de ser submetido à cirurgia de hérnia, tais como:
– Obesidade
– Tabagismo
– Problemas na Próstata com esforço crônico para urinar
– Constipação/intestino preso
– Gravidez no futuro
– Diabetes
– Outras doenças crônicas como de rins, fígado e pulmão.

Leia mais

HÉNIA PÓS-GESTAÇÃO:

Aviso às mamães!!

A gestação, por promover um aumento repentino e progressivo da pressão intra abdominal pelo crescimento do útero, deixa as fibras musculares mais esticadas e finas, podendo desenvolver hérnias na parede abdominal, principalmente na região umbilical.

A cirurgia consegue corrigir este defeito, porém é sugerido que se opere quando a paciente não deseja mais ter filhos.

Leia mais

Quanto tempo posso esperar?

Quanto tempo posso esperar??
Dúvida muito frequente dos pacientes com hérnia de parede abdominal.
O tratamento da hérnia é sempre cirúrgico, visto que são defeitos mecânicos/estruturais da parede do abdômen.
Seu maior risco é quando a hérnia “tranca” e não volta mais para o abdômen.
Quando o paciente sente dores e desconforto muito frequentes e nota que sua hérnia não volta mais, deve procurar com urgência seu cirurgião!

Leia mais

Recomendações para quem sofre de Doença do Refluxo Gastro-esofágico devido a Hérnia de Hiato:

– Evitar alimentos gordurosos, muito condimentados e frituras;
– Procurar não beber álcool e nem bebidas gaseificadas;
– Não fumar;
– Não usar roupas e nem acessórios apertados;
– Evitar ingerir muito líquido durante as refeições;
– Fazer refeições menores, mais leves e mais próximas umas das outras;
– Usar travesseiros mais altos ou colocar pequenos calços na cabeceira da cama;
– Não comer perto da hora de dormir é uma medida preventiva muito importante.

Leia mais

O que é hérnia de hiato (estômago)?

O maior inconveniente que a hérnia de hiato traz aos pacientes é a sua relação com o refluxo gastroesofágico. O refluxo se caracteriza pelo retorno do conteúdo do estômago (suco gástrico e alimentos) para o esófago.
Embora muitos casos sejam assintomáticos, os principais sintomas da hérnia de hiato são: azia, eructações (arrotos) e refluxo dos ácidos estomacais que podem alcançar a garganta e provocar tosse ou sensação de vômito.
A hérnia de hiato costuma responder bem ao tratamento clínico. O médico pode prescrever antiácidos que ajudam a controlar os sintomas e mudanças no estilo de vida.
A cirurgia, que pode ser feita por laparoscopia, só é indicada para
casos mais graves que não responderam ao tratamento clinico. A cirurgia procura construir uma nova válvula usando o próprio estômago.

Leia mais

Qual é o tempo de afastamento das atividades após uma cirurgia de hérnia?

Atividades profissionais que não necessitem de esforço físico podem ser realizadas após três dias, como trabalhos de mesa, computador, telefone… Dirigir automóveis em uma semana. Atividades físicas mais intensas podem ter que aguardar de 15 a 30 dias e devem ser reiniciadas de forma gradual.
Estas estimativas são para hérnias pequenas e sem complicações. Cada caso deve ser discutido e individualizado junto ao cirurgião.

Leia mais